Pesquisar este blog

terça-feira, 2 de junho de 2015

Atmosfera Terrestre

Atmosfera

A atmosfera é a camada de gás que envolve nosso planeta e formou-se há cerca de 4,5 bilhões de anos.
Esta camada tem uma espessura de cerca de 1000 km, mas a maior parte dos gases  concentram-se nos primeiros 30 km.
O primeiro estudioso a pesquisar sobre o comportamento atmosférico foi o italiano Evangelista Torricelli, que desenvolveu métodos que possibilitaram conhecer melhor o comportamento da atmosfera e concluiu que a atmosfera tem peso e exerce uma pressão sobre tudo o que está na superfície da terra.
Torricelli inventou um instrumento que possibilitou esta descoberta, chamado de barômetro. O barômetro permitia a medição da pressão atmosférica.
As características da atmosfera mudaram bastante desde sua origem até os dias atuais. Quando se formou, a atmosfera terrestre era formada por vários gases nocivos ao ser humano, como metano e dióxido de carbono.
Estudar e entender o comportamento da atmosfera é muito importante para a sociedade humana, principalmente para prevenir eventos destrutivos como furacões, tornados, ciclones, que causam grandes prejuízos e em muitas vezes tiram vidas.

Funções da Atmosfera

- Filtrar a energia recebida do Sol;
- Impedir que partículas metálicas e rochosas se choquem com a Terra, destruindo-os ao passar pela MESOSFERA.
- Manter a temperatura estável próxima à superfície, fazendo com que o gradiente térmico (amplitude térmica) seja adequado à vida humana.

Retenção do Calor do Sol

- De toda a energia do Sol, 51% chega à superfície da Terra.
- 30% são refletidos para o espaço através da atmosfera, das nuvens e da superfície terrestre.
- 19% são absorvidos pelas nuvens.
- O albedo, que é o nível de reflexão da radiação solar para cada tipo de superfície. Quanto maior o albedo, maior será a reflexão da radiação solar e menor o aquecimento daquela superfície. Por exemplo, um solo exposto possui um albedo menor do que um oceano, portanto se aquece mais porque reflete menos radiação solar.

Efeito Estufa

- É a propriedade da atmosfera de reter o calor proveniente do Sol. O efeito estufa natural é causado pela minoria dos gases atmosféricos como dióxido de carbono e o metano, o ozônio e o vapor d’água.
- Sem o efeito estufa natural, a vida na Terra seria improvável, pois a superfície da Terra seria muito fria.
- Portanto o efeito estufa natural não é um evento nocivo à vida humana.

Aquecimento Global

- É um aumento da temperatura média da Terra nos últimos 100 anos.
- O aquecimento global é causado pelo aumento da emissão desses gases estufa na atmosfera através ação humana.
- A maior retenção de calor pela atmosfera devido à emissão de gases poluentes pelo homem também é conhecido como efeito estufa artificial.

As Camadas da Atmosfera

A atmosfera é constituída por cinco camadas: troposfera, estratosfera, mesosfera, termosfera e exosfera; que servem como proteção, uma vez que se elas não existissem não suportaríamos o calor emitido pelos raios solares. Da mesma forma aconteceria o resfriamento da Terra durante a noite, onde perderíamos todo o calor adquirido pelo sol, sofrendo uma variação muito rápida de temperatura.
A camada de ar mais próxima da Terra recebe o nome de Troposfera, essa camada se estende até 20 km do solo, no equador, e a aproximadamente 10 km nos pólos. É o ar em que vivemos, respiramos e onde ocorrem fenômenos naturais como chuvas, neves, ventos e relâmpagos. É também na troposfera que ocorre a poluição do ar. Os aviões de transporte de cargas e passageiros voam nesta camada.
As temperaturas nesta camada podem variar de 40°C até –60°C. Quanto maior a altitude menor a temperatura. 

Acima da troposfera está a Estratosfera. Esta camada ocupa uma faixa que vai até 50 km acima do solo. As temperaturas nesta camada variam de –5°C a –70°C.
Na Estratosfera localiza-se a camada de ozônio, que faz a proteção da Terra absorvendo os raios ultravioletas do Sol. É nessa camada que os aviões fazem seus vôos e onde acontece o efeito estufa. Efeito estufa é causado pela emissão de gases na atmosfera, gases como o CO2, que liberado em grandes quantidades, contribui seriamente para o aquecimento global. Este fenômeno acontece devido à forte poluição que o planeta sofre diariamente, e isto está ocasionando buracos na camada de ozônio, o que por sua vez, está causando o aquecimento da atmosfera. Além do aquecimento da Terra, essa "falha" na camada de ozônio permite a entrada em demasia de ondas eletromagnéticas na Terra, os conhecidos raios UVA e UVB, o que pode causar diversos tipos de câncer.

Entre 50 e 80 quilômetros de distância da Terra temos a Mesosfera, camada de ar extremamente fria com temperaturas que variam entre –10°C até –100°C  onde existem os íons – pequenas partículas elétricas – utilizados para fazer a transmissão de rádio e TVs. A parte inferior é mais quente porque absorve calor da estratosfera. Nesta camada ocorre o fenômeno da aeroluminescência. É nessa camada que ocorre a destruição de partículas metálicas e rochosas vindas do espaço exterior à Terra, cientificamente denominadas meteoritos.

A camada seguinte é a Termosfera.Encontra-se entre 80 quilômetros e 500 quilômetros de distância da Terra. É a camada atmosférica mais extensa. O ar é muito escasso e raro, recebendo o nome de ar rarefeito. É a camada mais quente, uma vez que as raras moléculas de ar absorvem a radiação do Sol. As temperaturas no topo chegam a 1 000º C. É nessa camada que se localiza grande parte dos satélites artificiais lançados pela humanidade nas últimas décadas.

A última camada, ou seja, a que está mais distante da Terra, é a ExosferaÉ a camada que antecede o espaço sideral. Vai do final da termosfera até 800 km do solo. Nesta camada as partículas se desprendem da gravidade do planeta Terra. As temperaturas podem atingir 1.000°C. É formada basicamente por metade de gás hélio e metade de hidrogênio. Na exosfera acontece o fenômeno da aurora boreal e também permanecem os satélites de transmissão de dados e também telescópios espaciais.


Fonte: Editora Positivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário